Arquivo do mês: abril 2006

Bush é contra plano de deportação em massa de imigrantes

Conhecido por frases erradas em inglês, e posições questionáveis no cenário internacional, nos últimos dias o Presidente Bush vem acertando no que fala. Promoveu uma reforma simbólica de cargos na Casa Branca, onde muita gente trocou de cadeiras, deixando o Porta-voz Scott McClellan a ver navios e afastando o cordenador político de decisões administrativas.
Agora,o Presidente bate forte e defende os imigrantes. Bush chamou qualquer projeto de deportação em massa de “irreal” e declarou apoio total a planos do Senado que venham a regularizar os imigrantes nos Estados Unidos.
Por trás dele, a Estátua da Liberdade sorria. Presente da França aos Estados Unidos em 1786, a Estátua veio a representar a imagem que os primeiros 12 milhões de imigrantes viram ao chegar nesse país na Ellis Island de 1892 to 1954.

Frase do dia

“Sei que quando alguma pessoa vem para os Estados Unidos por um sonho ela tem um sonho e deseja trabalhar duro por esse sonho, isso faz dos Estados Unidos um lugar melhor.”

Presidente Bush

Escritor criciumense Gesiel Gonçalves prepara próximo livro

O escritor criciumense Gesiel Gonçalves está preparando seu próximo livro, que irá se chamar "O Mundo Acaba no Sábado". Gesiel, que já escreveu um total de 10 livros variando entre história das igrejas evangélicas e histórias populares, irá escrever crônicas agora sobre a pressa da vida urbana.

Além disso, trabalha no lancamento de dois CD's para agosto. Um será instrumental, Gesiel toca saxofone, e o outro será de um coral de adolescentes da prefeitura de Criciuma.

Gesiel destaca, entre seus apoiadores, o pai Manoel Miguel Goncalves, e o historiador Mário Belloli.

Música: “Smiling Face”, com James Taylor

Assista o vídeo clicando aqui.

Frase do dia

"E quando sorri, ela tem uma intensidade que poderia dissipar 40 dias e 40 noites de chuva."

Ben Brantley, no New York Times, escrevendo sobre "Three Days of Rain".

Julia Roberts faz estréia na Broadway

Celebridades – 20/04 – 20h48min

A mais popular atriz norte-americana, Julia Roberts, viveu ontem sua estréia nos teatros. Os fãs tiveram uma chance de ver Julia Roberts ao vivo no Teatro Bernard B Jacobs, em Nova Iorque.
A peça se chama “Three Days of Rain” (“Três Dias de Chuva”), e Julia faz dois personagens em contextos diferentes (Nan e Linda). “Three Days of Rain”, escrita por Richard Greenberg, trata de três pessoas que se encontram em Nova Iorque para dividir a herança da firma de arquitetura de seus respectivos pais. Os três focalizam na vida dos pais já falecidos.
A crítica especializada considera “Three Days of Rain” fraca. “Só vale a pena se for para ver a Julia Roberts”, dizem os críticos.

(Direto de Boston/Especial para Rádio Criciuma/André Abreu)

Clique para ver as fotos aqui, e acompanhe o vídeo da estréia aqui.

Padre Pedro Damázio fala sobre o governo Lula

O Padre Pedro Damázio, uma das principais lideranças do Sul de Santa Catarina na região de Boston, onde está há 9 anos no "mesmo endereço" em Lowell, concedeu uma breve entrevista ao Blog.  

O Padre, que é Vice Coordenador do Apostolado Brasileiro na Secretaria do Apostolado  Étnico da Arquidiocese, deu pausa na agenda para um bate-papo rápido sobre o governo Lula.

Blog – Qual a sua avaliação sobre o desempenho do Lula?

Padre Pedro – Acho que como presidente ele fez o que pode. Como Lula, como Operário que chegou à Presidência com todo o simbolismo histórico que sua figura carregava, acho que perdeu talvez a grande oportunidade histórica que tive chance de ver na minha vida e não vi.

Blog – Lula teve que mudar para governar o país?
Pedro – Todo mundo sabia que ele tinha que se adequar. Mas ele tinha um trunfo que era o programa Fome Zero, que era consensual. Podia usar isso para mudar o Brasil.

Blog – Na sua opinião o programa não decolou?
Pedro – Não é que não decolou. Ele preferiu um modelo Governamental Assistencialista. Para a proposta do programa de governo do PT, isto é meio medíocre, mesmo que os beneficiados se rejubilem.
Pedro – Se optasse por um modelo de envolvimento de toda a Sociedade, de todo cidadão, teríamos o maior mutirão já visto no Brasil. Muitos oposicionistas iriam entrar de arrasto.
E o Governo teria salvo um bom naco de seu orçamento.

Blog – Você votaria em Lula hoje?
Pedro – Ficava furioso quando puxava o saco do Palocci. Parece que ninguém mais tinha valor naquele governo. Mas no meio disso tudo, ele ainda manter a cabeça no lugar, pra mim ele é um herói. O que tem pela frente, fica para outras análises…