Voto distrital nos Estados Unidos

Nos Estados Unidos o voto é distrital para os deputados estaduais e federais. Funciona muito bem. O deputado é eleito para lutar a favor de uma determinada região eleitoral.

O deputado estadual James Eldridge foi eleito por uma região de 5 pequenas cidades. Focaliza sua atenção somente nessa região, vai desde festas pessoais a encontros locais. Tem a agenda lotada com votações na Casa Legislativa, eventos em sua cidade e fundraisers.

Fundraisers são eventos programados para coletar fundos para a campanha do deputado. Nele a comunidade e convidada a participar, mas leva um valor em dinheiro e janta junto com seu deputado. Assim o candidato cria seu caixa de campanha para a eleição que ocorre de dois em dois anos.

O deputado leva consigo um bloco onde anota nomes e telefones de eleitores, e costuma ligar para manter um contato constante. No caso de James, ele costuma ligar e iniciar a conversa para saber como vai a vida pessoal do suposto eleitor. E, depois, vêm os temas políticos.

Por ser um sistema tão bom, o deputado que se isola e não mantém  um contato com sua comunidade, perde as eleições.

Um instrumento que o deputado James usa para estar em dia com os eleitores é o email. E na campanha costuma visitar as casas de porta em porta, sendo muitas vezes confundido com as Testemunhas de Jeová.

Estando perto do eleitor, James tem que assumir publicamente qualquer posição que tenha.  E o eleitor só o ganha com tudo isso.

Uma resposta para “Voto distrital nos Estados Unidos

  1. Leide Aguiar

    Pois é ne andré…que tal fazermos um OUTDOOR bem grande e colocarmos por todo nosso brasil…este exemplo…uahuahah …tenha um otimo final de semana…