Beyoncé é a nova Mariah

Beyoncé deve ter ampliado sua base de fãs hoje. A cantora tinha um modelinho que ressaltava, digamos, a linha de frente. A parte musical do Oscar leva os telespectadores no mundo inteiro para a cama ou para outro canal.

O Oscar lésbico continua firme com o Oscar para Melissa Etheridge. Al Gore é mencionado novamente. Agora deve subir no palco para agradecer. Ainda que o ex-quase presidente mereça, o Oscar nâo poderia ficar refém de uma linha política. Só está faltando um discurso pró-Clinton, Hillary, of course.

Os comentários estão desativados.