Estados Unidos planejam aumentar pressão sobre empregadores

De acordo com o New York Times, o governo dos Estados Unidos vai aumentar a fiscalização nos números de Social Security (O CPF norte-americano) fornecidos nos postos de trabalho após a não-aprovação da reforma da lei de imigração. Nos próximos dias deverão ser anunciadas regras que punirão o empregado que utilizar documentos falsos com demissão.

Os empregadores serão fiscalizados e punidos com maior rigor, declarou o porta-voz do Homeland Security (Segurança Nacional). Cerca de 10% dos 250 milhões de relatórios enviados anualmente ao Departamento de Seguridade Social não estão corretos e representam números falsos do Social Security ou erros no sistema de dados. 

Os comentários estão desativados.