Greenspan machuca republicanos com novo livro

Presidente do Fed, o Banco Central dos Estados Unidos, de 1987 a 2006 (de Reagan ao Bush atual, passando por papai Bush e os oito anos de Bill Clinton), Alan Greenspan está exercendo a liberdade de expressão política que não teve no poder no lançamento do seu livro. Apesar de ser independente do governo federal, Greenspan sempre se manteve distante de brigas políticas e sem muito a declarar aos repórteres.

No programa de domingo (16) , 60 Minutes, Greenspan, agora aposentado, espinafrava:

“O Presidente mais inteligente que conheci se chama Bill Clinton.”

“Com os repórteres, eu sempre usava uma linguagem complicada, que objetivasse não responder as perguntas.”

Ao ser perguntado sobre sua crença na liderança de Hillary Clinton, Alan Greenspan declarou que sim, que ela é uma mulher muito inteligente.

“Você votaria nela?” – perguntou a jornalista do 60 Minutes.

“Não, eu votaria em qualquer candidato republicano.”

Em tempos, com um contrato de 8 milhões de dólares, o ex-presidente do Fed volta à berlinda e ataca fortemente o governo Bush em seu novo livro The Age of Turbulence – Adventures in a New World (a era da turbulência – aventuras em um novo mundo) , além de elogiar os anos 90 de imenso sucesso econômico em plena era Clinton.

greenspan.jpg

Os comentários estão desativados.