A visita de Clinton a Lowell, Massachusetts

Por volta das 17 h já havia uma grande fila que esperava a abertura do Lowell Auditorium para o evento da campanha de Niki Tsongas ao Congresso. No evento a estrela mais forte foi o Presidente Clinton, cujos cabelos grisalhos constrastavam com o rosto vermelho.

Clinton começou o discurso falando que o governo Bush não investiu nada em educação e saúde. O país pouco evoluiu, disse o ex-Presidente. Ainda declarou que o corte de impostos só beneficiou os mais ricos, como ele, em detrimento dos mais pobres.

Clinton esbanjou carisma. A multidão, formada por centenas de pessoas, esperou pelo ex-Presidente ansiosamente. O evento, que começou por volta das 19 h, teve um intervalo, pois Clinton teria se atrasado devido a problemas com seu avião.

A todo momento a multidão era informada em que rodovia o ex-Presidente estaria (95, depois 495, depois Lowell Connector). O Presidente Clinton chegou junto com a candidata Niki Tsongas, candidata por Lowell e outros municípios do quinto distrito ao Congresso dos EUA.

Tsongas e Clinton já estiveram em lados opostos. Em 1992 o marido de Niki, Paul Tsongas concorria nas primárias do Partido Democrata contra Bill Clinton. Tsongas ganhou de Clinton em New Hampshire, episódio que o ex-Presidente fez questão de lembrar na noite de ontem, domingo (31).

Clinton não levou mágoas do episódio, e disse, em meio a muitos aplausos, que Paul Tsongas (pronuncia-se sángas) estaria vendo o apoio que a viúva Niki Tsongas recebia agora dele.

Os anos Clinton (1993-2000) coincidiram com a era de ouro dos Estados Unidos, com empregos à vontade e amplo crescimento das empresas da era da Internet. Também coincidiram com anos de paz e com uma visão bem melhor dos Estados Unidos no mundo do que atualmente.

Os comentários estão desativados.