Arquivo do mês: outubro 2007

Fato da semana: a Califórnia em chamas

Um estado de potencial enorme dentro da economia dos Estados Unidos, a Califórnia, sede do mundo do cinema e de celebridades com histórico policial renomado, ganha a capa das edições da revista Time aqui e no mundo.

Na edição da Ásia, a Time aborda o retorno, misturado de glória e de sangue, do exílio de Benazir Bhutto ao Paquistão.

timecalifornia.jpg

Red Sox Nation!

O Red Sox enfrenta o Colorado Rockies hoje às 20h30 no Fenway Park em Boston.

Abaixo uma pequena amostra de como os torcedores podem se vestir.

s5031648.jpg  

s5031650.jpg

s5031653.jpg

Atualização às 6:52 de 25 de outubro: o Red Sox ganhou do Rockies com o resultado final de 13 a 1.

Atualização às 6:25 de 26 de outubro: o Red Sox ganhou o segundo jogo do Rockies (2×1). Se ganhar mais dois jogos, o time ganha o World Series.

O Red Sox ganhou mais dois jogos e se consagrou campeão da World Series na segunda-feira (29).

Fotos: Fernando Machado.

Califórnia em chamas

Autoridades do estado da Califórnia estimam os danos, causados pelas chamas, em 1 bilhão de dólares até o momento. Mais de meio milhão de pessoas deixaram suas casas na maior evacuação da história do estado mais famoso dos Estados Unidos.

A NPR, National Public Broadcasting, espécie de BBC dos Estados Unidos, traz mais informações aqui.

O estado se destaca por ter um “Kennedy” como governador: Schwarzenegger, embora republicano, é casado com a jornalista Maria Shriver, sobrinha do falecido presidente democrata John Kennedy.  

Go Sox Go!

redsox.gifSucesso de público garantido, com torcida espalhada por todo os Estados Unidos, e principalmente na região de Boston, de onde é, o time de baseball do Red Sox começa hoje a série de 7 jogos que define o campeão da World Series.

Em 2004 o Red Sox quebrou um jejum de 86 anos e conquistou o título de campeão da World Series, e tem a mesma chance agora.

Mais do que tudo isso, a febre vermelha do Red Sox faz com que alguns milhões a mais circulem na região de Boston e animam o torcedor a gastar mais.

Coluna no ar!

Empresário catarinense visita amigos nos States. Leia aqui

Cores da Nova Inglaterra

 As fotos do outono da Nova Inglaterra continuam refletindo como estão as estradas nessa época do ano. Enjoy!

Fotos e slide: André Abreu.

Bob Dylan no livro “Chronicles”

“Vi e ouvi trens desde a minha tenra idade e a visão e o som deles sempre me fez sentir seguro. Os grande vagões fechados, vagões de minério de ferro, vagões de frete, trens de passageiros, os vagões Pullman. Não havia nenhum lugar na minha cidade natal que você pudesse ir sem pelo menos ter alguma parte do dia em que tivesse que parar nas interseções esperando pela passagem dos longos trens. Trens cruzavam as estradas rurais e corriam ao lado delas também. O som dos trens à distância me fazia sentir mais ou menos em casa, como se nada estivesse faltando, se eu estivesse em algum lugar de nível, nunca em perigo significante e como se tudo estivesse se encaixando.”

s5031535.jpg

Foto e tradução: André Abreu.

Retorno para casa de estadunidenses tem filas mais longas no México

Após décadas de uma passagem tranquila do México para os Estados Unidos, os estadunidenses enfrentam agora filas mais longas, como “estrangeiros”, escreve Julia Preston no New York Times. Segundo a jornalista do jornalão norte-americano, eles são checados e questionados causando filas de duas horas ou mais.

Após o 11 de setembro, as medidas de segurança adotadas têm dificultado o comércio e as relações com o vizinho do sul (“tão perto do Céu, tão longe de Deus”, sempre foi a expressão usada para retratar o México, e em inglês é dita so near Heaven, so far from God).

Demoras de cerca de 3 horas foram relatadas para o estadunidense que viaja para o vizinho rico Canadá.

Esprimido entre um vizinho rico e um vizinho pobre, o Tio Sam exporta a democracia para o mundo.

Juan nos apresenta um pouco da Oktoberfest

Gravado no dia da Oktoberfest, o vídeo de Juan no Corpo de Bombeiros de Acton mostra a evolução dos caminhões de bombeiros até os dias de hoje.

63 filmes concorrem ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro

oscarstatue.jpgA Academia de Cinema de Los Angeles bateu um novo recorde de filme inscritos para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro: 63 filmes estão concorrendo ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. Entre os países estão os estreantes Azerbajão e Irlanda.

O Brasil está na lista oficial com “The Year My Parents Went on Vacation”, ou simplesmente “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”, de Cao Hamburger. O filme aborda o Brasil em plena ditadura nos anos 70.