Coluna no ar!

Confira aqui meu texto sobre as “super” filhas, afinal de contas a campanha não pode depender apenas dos “superdelegados”.

Os comentários estão desativados.