Eleições 2008: McCain domina o jogo

– A crise no mercado financeiro abre a semana. Há duas leituras a serem feitas: uma crise financeira de quebradeira de bancos como essa poderia favorecer Obama, por caracterizar que o governo Bush pouco ou nada fez para evitar o colapso do mercado financeiro.

– A segunda leitura é ruim para Obama: numa crise séria os norte-americanos votariam em alguém que já conhecem, e se recusariam a mudar o jogo. Se a crise for séria demais, os republicanos levam novamente a Casa Branca.

– Mesmo com as falhas de Bush como Presidente, ele ainda encontra suporte entre gente que se diz inteligente. Numa leitura bem simples, o norte-americano bem de vida gosta da política de impostos baixos para os ricos. Vota pelo bolso.

– McCain domina o jogo político por ousar no novo: a escolha de uma mulher sem experiência política para sua chapa. Foi a melhor cartada dos republicanos até agora. Para virar o jogo Obama precisa de um fato novo. A crise bancária não parece ser o trampolim necessário. McCain precisa deixar algum “furo” ou Obama vai sofrer para subir mais nas pesquisas e conquistar eleitores indecisos.

Os comentários estão desativados.