Caroline Kennedy trabalha para ser a substituta de Hillary no Senado

Com nome reconhecido no meio político dos Estados Unidos, Caroline Kennedy, 51 anos, caminha rápido para se transformar a pessoa a ocupar a cadeira de Hillary Clinton no Senado. Hillary será a próxima Secretária de Estado, após a devida aprovação pelo Senado.

A Sra. Clinton ocupará um dos cargos mais importantes da política externa dos Estados Unidos, logo abaixo do Presidente Barack Obama. A sobrinha do Senador Ted Kennedy deverá ser a herdeira política natural, Caroline trabalhou para Barack Obama, colocou seu nome à frente durante toda a campanha, ainda nas primárias e acabou se estabelecendo como uma liderança política nacional de bom nome.

A clã Kennedy precisa manter o poder com o anúncio de câncer no cérebro do Senador Ted Kennedy. Ted deverá sair do Senado para continuar seu tratamento, mas gostaria de ver a sobrinha em Washington. A decisão depende somente do governador de Nova Iorque, Christopher Patterson (esse assumiu em função da renúncia de Elliot Spitzer  por seu envolvimento com prostituição), a quem cabe indicar a senadora que irá ocupar a cadeira vaga com a promoção de Hillary à Secretaria de Estado.

Mas Caroline Kennedy precisa sobretudo da aprovação do eleitorado rural de Upstate New York. Em locais como a cidade de Nova Iorque, a Kennedy já tem bom trânsito, mas no norte do estado ela precisa convencer que será boa para o estado.

Ontem, a possível senadora já estava em campanha.

Os comentários estão desativados.