Ex-agente da CIA deve ir para o Equador

Antes que os EUA pudessem por as mãos em Edward Snowden, o jovem de 29 anos deixou Hong Kong pela manhã a bordo do voo comercial  SU 213 para Moscou.

Segundo informações do The Guardian, ele pediu asilo político ao Equador. Ao chegar em Moscou, Snowden deixou o aeronave “sem ser visto”, mas o embaixador do Equador estava em sua busca. Há especulações de que viajará para Cuba e de lá para Quito.

Segundo Julian Assange, o ex-agente da CIA conta com apoio diplomático e legal do WikiLeaks.  Legalmente, enquanto espera pelo seu próximo destino, o norte-americano pode ficar na área de trânsito do aeroporto de Moscou.

Autoridades de Hong Kong afirmam que os documentos dos EUA que pedem a detenção de Snowden têm falhas jurídicas e não davam base legal suficiente para impedir que o agente deixasse o território.

Os comentários estão desativados.